quinta-feira, 3 de maio de 2018

1500 - Transalp na estrada.

Seis meses depois voltei ao reencontro da Transalp no continente português. Durante todo este tempo esteve ao cuidado de um grande amigo. Como já tínha muitos quilómetros e tempo a primeira medida foi a mudança do óleo e filtro do motor. Aproveitando o tempo para a mecânica foram também substituídos os calçados de travão da frente e realizadas alguns reapertos. A bateria estava com carga máxima porque tinha sido deixada a carregar uns dias antes.
Depois de toda a manutenção realizada fizemo-nos à estrada com destino a Barrozinha, na costa alentejana, o local já previamente escolhido para pernoitar. No percurso passamos por Vila Franca de Xira onde o rio Tejo foi transposto por uma bonita ponte. Estivemos também em Samora Correia e Pegões, sempre por estradas nacionais onde a Transalp se sente muito à vontade. Não poderíamos não passar por Alcácer do Sal.
















No dia seguinte fizemos viagem até à Reserva Natural do Estuário do Sado. Excelente paisagem! Estivemos no Cais Palafítico da Carrasqueira. Em Tróia paramos para almoçar. Após almoço seguimos viagem para as lagoas de Santo André passando pela Comporta. Já com destino a barrozinha realizamos o jantar no restaurante a Talha em Grândola. Depois foi uma viagem à noite até ao local de dormida.











Terceiro dia partimos para visitar a feira de Ovibeja, em Beja, sendo esse o objectivo desta viagem. Para lá chegar conduzimos por estradas nacionais que nos levaram a recantos que outras vias não permitem contemplar. Assim, fomos parar à Albufeira do Vale Gaio. Não querendo voltar pela mesma estrada que nos levou à albufeira seguimos em frente por um caminho de terra batida com areia muito solta. Foram cerca de 9 Quilómetros por esta sinuosa estrada. Parecia que não tinha fim! Em certos locais e devido à chuva estava a estrada lamacenta e em outros locais havia valas no pavimento. Por fim sempre chegamos a uma estrada nacional que nos levaria a Beja. Na feira encontramos gente bem conhecida. Depois da visita à feira fizemos viagem numa noite fria até ao local de repouso.













Já estava programada a nossa presença na Rota da Cerâmica Trans Oeste 2018. Passeio e convívio organizado pelo pessoal do Forum Translp Portugal. Com o intuito de estar a tempo fomos para Caldas da Rainha numa viagem acompanhada pelo sol até ao meio onde tivemos de parar para vestir os fatos de água. Fizemos o restante da viagem debaixo de chuva. Nada que a Translp não esteja acostumada.  No outro dia estivemos enão ocupados no passeio e almoço organizado Forum Translp Portugal. Pouco depois do almoço fizemo-nos novamente à estrada para Aveiro.















No último dia fizemos viagem de Aveiro a Torres Vedras. Optamos por fazer a primeira parte da viagem até Leiria por Auto-Estrada ficando o restante para estradas nacionais. Passamos pela Freguesia da Pera Rocha. Mais adiante encontramos um pastor com o seu rebanho de caprinos junto à berma da estrada onde paramos para conversar um pouco e ouvir os seus desabafos de que o leite de cabra quando produzido acima dos mil litros por ano e naquela zona está a ser desvalorizado.